Conheça os animais e seus padrinhos ❤
Oi gente, eu sou o Denver! Um garoto de sorriso radiante.
Eu morava nas ruas de Ribeirão Pires e fui recolhido após a reclamação de alguns moradores da região. Desde então eu moro em abrigos, mesmo sonhando em ter uma casa cheia de amor!

Quando cheguei ao Instituto, na minha ficha comportamental relatava: "difícil manipulação para procedimentos", então eu fui um dos primeiros cães escolhidos para o #abrigoeducativo. Hoje eu faço aulas diariamente e sou um dos melhores alunos do projeto. Além disso, sou alucinado por bolinhas e adoro uma grama pra coçar as costas.
Conheça o Denver
Macho, SRD, 6 anos
Faça como o Carlinhos, ajude com os custos de um animal!
O Denver já tem um padrinho!
Que tal conhecer outros animais?
O Carlinhos Maia é o padrinho do Denver!
Eu já estava no abrigo quando os tios do Instituto chegaram por aqui. Ninguém sabe me dizer de onde eu vim, mas provavelmente eu fui recolhido das ruas bem jovem e nunca saí daqui, porque tenho bastante dificuldade para socializar com as pessoas. Eu adoro os meus colegas de canil e voltei a ser brincalhão! Ainda tenho medo das pessoas, mas aos pouquinhos os tios e tias estão trabalhando comigo para eu ficar menos inseguro e poder ter a chance de encontrar uma família logo. Eu sou pequeno e não dou trabalho, não queria morrer em um abrigo sem ao menos ter conhecido como é um lar. Me ajuda?
Conheça o Tiquinho
Macho, SRD, 11 anos
Faça como a Marina, ajude com os custos de um animal!
O Tiquinho já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Marina Bennati é a madrinha do Tiquinho!
Morei por muito tempo na Cracolândia, no abandono, solidão e desprezo. Sempre tive que me virar sozinha, então aprendi a ser desconfiada para sobreviver pois nunca tive uma família e um lar aconchegante para me proteger. Apesar de tudo isso, hoje não tenho nenhum problema de saúde, mas possuo muitos traumas psicológicos que ainda carrego. Preciso de um lar que me acolha, respeitando meu passado e meu temperamento, me dando espaço para ir me soltando aos poucos e amor para que eu me sinta segura. Me ajuda?
Conheça a K2
Fêmea, SRD, 8 anos
Faça como a Gisele, ajude com os custos de um animal!
A K2 já tem uma madrinha!
Que tal conheceroutros animais?
A Gisele Graciutti é a madrinha da K2!
Oi, eu sou o Gato de Molas, um gatinho cheio de charme que encontrou um lar amoroso no Instituto Caramelo. Aqui, sou livre para explorar, brincar e, é claro, receber todo o carinho que uma gatinha como eu merece. Mesmo que eu ainda não tenha uma família definitiva para chamar de minha, o abrigo tem sido um lugar maravilhoso graças ao amor e cuidado que recebo diariamente.

Conheça o Gato de Molas
Macho, SRD, 6 anos
Faça como a Monique, ajude com os custos de um animal!
O Gato de Molas já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Monique é a madrinha do Gato de Molas!
Eu fui abandonada na porta do CCZ de Ribeirão Pires extremamente magra e cheia de feridas com larvas de mosca. Quando o abrigo mudou de local, fui realocada junto com outros cães para o Instituto Caramelo. Cheguei com a saúde bem frágil, estava com tumor de mama, e logo fui operada. Gosto muito de brincar na área de soltura e sou bastante afetuosa com pessoas. Já fui cogitada para adoção por várias famílias, contudo na maioria das vezes, sou trocada por um filhote. Ainda torço para que os humanos possam me ver com os olhos do coração e entender que tudo que um cachorro de abrigo deseja é ter uma família que possa proporcionar amor e carinho para nós. Padrinho ou madrinha, me divulga pra conseguir um novo lar?!
Conheça a Penélope
Fêmea, SRD, 8 anos
Faça como a Renata, ajude com os custos de um animal!
A Penélope já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Renata Riso é a madrinha da Penélope!
Quando fui resgatado, meu corpinho estava todo coberto por feridas dolorosas, que me tiravam o sono de tanto que coçavam. As pessoas me olhavam com desprezo, tinham nojo de mim, mas a culpa não era minha, eu só queria ajuda. Uma pessoa ouviu esse meu pedido e me levou para o abrigo, onde eu cheguei muito assustado e receoso com humanos, afinal, só recebi coisas ruins deles enquanto estava na rua. Com muita paciência e respeito, os tios do ILM foram cuidando de mim, me mostrando que tem gente amiga e que quer o meu bem. Hoje estou lindão e prontinho para ir para um lar! Padrinhos e madrinhas, me ajudem a espalhar esse sorriso contagiante que tenho a ponto de conseguirem uma casa pra mim?
Conheça o Cheroso
Macho, SRD, 8 anos
Faça como a Isadora, ajude com os custos de um animal!
O Cheroso já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Isadora Moreira é madrinha do Cheroso!
Eu morava em uma mecânica em Ribeirão Pires. Um dia fui atravessar a rua e fui atropelado. A pessoa que me atropelou não prestou socorro e eu só recebi ajuda quando os tios que cuidavam de mim perceberam o meu sumiço e foram me procurar. Estava com um machucado bem feio na coluna e eles me levaram pro ILM para cuidarem de mim. Passei por uma cirurgia para não sentir mais dor e deu tudo certo! Voltei a dar alguns passinhos por aí, hoje sou um paciente exemplar durante meus exercícios diários, faço até graça pros tios e tias, rolando de barriga pra me coçar na grama. Como eu gosto muito de passear, eu ganhei uma cadeirinha de rodas só minha, que eu uso todos os dias lá no abrigo.
Conheça o Obama
Macho, SRD, 11 anos
Faça como a Carolina, ajude com os custos de um animal!
O Obama já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Carolina Monteiro é madrinha do Obama!
Quando fui resgatado das ruas, tinha uma ferida enorme em toda a minha face, que afetava meus dois olhos e até chegava a expor o osso. Infelizmente, perdi a visão dos meus olhinhos, mas isso não me impede de ver o mundo com o coração cheio de alegria! Hoje, estou recuperado e ansioso para encontrar um lar amoroso que possa enxergar toda a beleza que há em mim. Prometo ser o cão mais grato e carinhoso que você já conheceu, e juntos, podemos enfrentar qualquer desafio que a vida nos apresentar. Se você está em busca de um amigo fiel e amoroso, estou aqui, pronto para encher seus dias de amor e diversão!
Conheça o Petito
Macho, SRD, 4 anos
Faça como a Ana, ajude com os custos de um animal!
O Petito já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Ana Carbinato é madrinha do Petito!
Eu fui resgatada em um terreno em Salto de Pirapora com mais 40 outros cães. Vivíamos sob os cuidados de um casal de senhores que faleceu e por isso ficamos semanas desamparados. Quando o ILM foi me buscar, dava pra ver todos os ossos do meu corpo e eu não confiava em absolutamente ninguém. Depois de meses de muita comidinha eu ganhei bastante peso e comecei a confiar aos pouquinhos nos tios e tias que cuidam de mim por aqui. Eu me esforço bastante para interagir mais com eles, porque sei que é assim que eu vou achar uma família para chamar de minha. Queria que alguém com muita paciência e amor pra dar me olhasse, pra enfim eu poder ser feliz.
Conheça a Sâmia
Fêmea, SRD, 8 anos
Faça como a Camila, ajude com os custos de um animal!
A Sâmia já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Camila Alkmim é madrinha da Sâmia!
Eu vivi por muito tempo nas ruas, estava debilitado e doente quando me levaram para ser atendido no Instituto Caramelo. Os tios e tias diagnosticaram que eu estava com a doença do carrapato, então recebi tratamento e cuidados e hoje estou super saudável e brincalhão! Sou um menino bonito, cheio de energia, que preciso primeiro ter confiança nas pessoas para poder me sentir seguro. Uma curiosidade que quero dividir com vocês é que o meu brinquedo favorito é bolinha! Eu me divirto de montão nas áreas de soltura, mas o que queria mesmo era uma família pra me levar aos parques e passeios.
Conheça o Tadeu
Macho, SRD, 8 anos
Faça como a Sabrina, ajude com os custos de um animal!
O Tadeu já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Sabrina de Sousa é madrinha do Tadeu!
Eu vivia na casa de uma acumuladora de cães, não tinha atenção devida, nem comida decente, vivia na sujeira e no estresse de brigas entre os vários cachorros que dividiam o mesmo cubículo. Quando eu e meus companheiros fomos resgatados, cheguei no Instituto muito assustada, com bastante medo. Tinha um tumor chamado TVT nas minhas partes íntimas, que peguei de outro cachorro que vivia na mesma casa. Recebi todo o tratamento devido, fiz várias quimioterapias e hoje estou curada! Com muita empatia, toda a equipe vem me ajudando a superar o medo dos humanos e atualmente estou bem melhor. Me mostra
Como é ter uma família com amor e respeito?
Conheça a Felina
Fêmea, SRD, 8 anos
Faça como a Paula, ajude com os custos de um animal!
A Felina já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Paula Romano é madrinha da Felina!
Eu morava nas ruas, fui até a porta do abrigo com bicheira no rabo. As veterinárias não pensaram duas vezes e me colocaram pra dentro! Fiquei internado, recebi todo o tratamento que precisava, fui vermifugado, vacinado e até recebi um microchip de identificação. O meu nome já diz tudo, né? Eu sou um verdadeiro parceiro, mas a verdade é que eu nunca tive a oportunidade de ter uma família pra mim. São mais de 5 anos vivendo dentro e um canil, dividindo a atenção dos tratadores com outras centenas de animais, se você tiver um espacinho no seu coração, deixa eu ocupar e preencher com todo o meu amor?
Conheça o Parceiro
Macho, SRD, 10 anos
Faça como o Diogo, ajude com os custos de um animal!
O Parceiro já tem um padrinho!
Que tal conhecer outros animais?
O Diogo Facin é padrinho do Parceiro!
Quando eu era pequena meu antigo tutor não me quis mais por eu ser assustada e tímida, então me entregou para adoção. Passei muito tempo insegura sem querer confiar nas pessoas... Até fui adotada por uma família, mas eles não tiveram paciência e respeito para entender tudo o que vivi e acabaram me devolvendo para o abrigo. Hoje em dia estou melhor, gosto de pessoas e carinho, moro com outros cães no canil e me dou super bem com eles, só preciso de um pouquinho de paciência no início de amizades novas e assim que acostumo eu me torno muito carinhosa!
Conheça a Tata
Fêmea, SRD, 9 anos
Faça como o Diogo, ajude com os custos de um animal!
A Tata já tem um padrinho!
Que tal conhecer outros animais?
O Diogo Facin é padrinho da Tata!
Eu sempre fui uma família, mas um dia fui abandonado em uma rodovia perto do abrigo. Uma tia do abrigo passou na frente do mercado onde eu fui buscar ajuda e me viu mancando, com uma ferida na pata. Os tios do mercado contaram que me viram ser abandonado e ele me levou para o IC para cuidarem de mim. Eu já cheguei sem um olho, mas todo mundo concorda que é o meu charme, porque parece que sempre estou dando uma piscadinha pro pessoal. Eu amo pessoas e espero um dia encontrar uma nova família que cuide de mim pra sempre!
Conheça o Kame
Macho, SRD, 9 anos
Faça como a Alcione, ajude com os custos de um animal!
O Kame já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Alcione Mora é madrinha do Kame!
Eu fui resgatado com uma turma de um terreno em Salto de Pirapora. Quando cheguei no abrigo eu tive muito medo porque passei minha vida inteira tendo contato com apenas dois humanos. Eu precisei fazer uma biópsia do meu nariz, porque eu tinha uma ferida bem feia, que estava começando a acometer meus olhos também. Essa biópsia disse que eu tenho uma doença auto-imune, que piora quando eu fico no sol. Como eu não fui tratado durante minha vida inteira, eu tinha bastante dor e meu nariz chegava a sangrar, por isso eu também não gostava muito de carinho na cabeça. O tempo passou e eu estou tomando remédios e também fiz aulas de comportamento pra perder o medo das pessoas.
Conheça o Totodão
Macho, SRD, 7 anos
Faça como a Ana Carolina, ajude com os custos de um animal!
O Totodão já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Ana Carolina de Souza é madrinha do Totodão!
Fizeram uma denúncia de maus tratos para o IC, pois eu vivia preso em uma corrente na laje da casa. Estava cheio de nós em meus pelos, tumor nos testículos e cheio de pulgas. Como consequência desse abandono eu cheguei muito inseguro. Tenho 9 anos de idade e fico me perguntando como posso ter sido descuidado por tanto tempo a ponto de denunciarem minha antiga família... Enfim, o que importa é o momento de agora, sei que nunca mais passarei por esse sofrimento e que esse evento é a minha grande oportunidade!
Conheça o Bolinha
Macho, SRD, 10 anos
Faça como a Leda, ajude com os custos de um animal!
O Bolinha já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Leda Monteiro é madrinha do Bolinha!
A minha história é bem parecida com a do meu irmão, o Tim. Nasci nas ruas e logo fui resgatado pelos tios do ILM. Sempre fui um filhote saudável e dengoso, por isso, fui adotado junto com ele. Só que um ano depois, minha família me devolveu para o abrigo, e eu fiquei sem entender nada. Mais de um ano se passou e eu continuo aqui no abrigo, porque apesar de ser um dos cães mais dengosos eu ainda não sei dizer se quando um humano se aproxima, ele vai me machucar ou se vai me dar carinho. Agora eu faço parte do programa #abrigoeducativo e estou tendo aulas para ajudar na minha autoconfiança, e eu confesso que estou amando, porque metade da aula é carinho e a outra metade é petisco.
Conheça o Pole
Macho, SRD, 5 anos
Faça como a Mariana, ajude com os custos de um animal!
O Pole já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Mariana Werneck é madrinha do Pole!
Fui resgatado na rua sem uma das minhas mãozinhas, com muita dor e medo. Logo que cheguei no IC, fiz exames e fui operado, por isso não tenho uma das patas da frente e preciso tomar medicação diária para ajudar na dor crônica. Isso nunca me limitou, ando super bem! Por tudo o que eu sofri, tenho um pé atrás quando conheço um humano novo, mas se ele tiver vontade de me conhecer de verdade, vai ver que sou um grande amigo e companheiro!
Conheça o Nestor
Macho, SRD, 12 anos
Faça como a Vanessa, ajude com os custos de um animal!
O Nestor já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Vanessa Achoa é madrinha do Nestor!
Tentei a sorte entrando em um condomínio fechado de casas, para ver se por lá alguém me notava e dava atenção, mas não foi isso o que aconteceu. Os moradores se aborreceram e pediram para me retirar de lá. Vim parar no Instituto debilitado e triste. Aqui as médicas descobriram que eu tenho um dos meus braços quebrados, me disseram que isso aconteceu há tempo e que cicatrizou sozinho, não tive nenhuma ajuda, por isso é um pouco tortinho. Sou um docinho de caramelo mesmo, amo estar em companhia e adoro receber carinho na barriga!
Conheça o Caramelo
Macho, SRD, 11 anos
Faça como o Edson, ajude com os custos de um animal!
O Caramelo já tem um padrinho!
Que tal conhecer outros animais?
O Edson Dupret é padrinho do Caramelo
Fui resgatado de um canil de acumuladora com outros 27 cães, a situação era completamente terrível, vários cães viviam presos em correntes e espalhados pelos cômodos da casa sem acesso à luz do dia. Assim que cheguei no hospital do Instituto recebi os primeiros atendimentos e cuidados iniciais para ficar 100% saudável. Hoje estou pronto para ganhar um novo lar, sou um pouco tímido com alguns cães e tenho bastante energia para gastar.
Conheça o Fernando
Macho, SRD, 6 anos
Faça como a Gabriela, ajude com os custos de um animal!
O Fernando já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
A Gabriela Vitoriano é madrinha do Fernando!
Oi gente, eu sou o Aramis, um moço sorridente!
Quando eu cheguei ao abrigo, estava com um olho perfurado e por isso precisei retirá-lo. Hoje em dia quem me vê sempre diz que eu estou dando uma piscadinha e esse é o meu charme. Como eu passei por muita coisa antes de chegar ao abrigo, carrego muito traumas e por isso tenho receio de algumas pessoas, principalmente de homens. Eu preciso de muita paciência, respeito e ajuda de manejo positivo para confiar nas pessoas, mas como vocês podem ver pela foto, eu sou um brincalhão quando me sinto seguro.
Conheça o Aramis
Macho, SRD, 10 anos
O Aramis já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
Faça como a Veruska, ajude com os custos de um animal!
A Veruska Clednev é madrinha do Aramis!
Eu fui resgatada com outros 27 cães de um canil insalubre no meio das fezes, ratos e baratas. Assim que cheguei no hospital do IC fui vacinada, vermifugada, fiz diversos exames até estar liberada para a adoção. Ninguém sabe ao certo o que eu já vivi no passado, tenho marcas em minha alma que refletem até hoje no meu comportamento, sou bem assustada e confio em poucas pessoas. Mas apesar disso, eu continuo sonhando com o momento em que irei me sentir segura e acolhida pela minha verdadeira família.
Conheça a Beluga
Fêmea, SRD, 9 anos
A Beluga já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
Faça como a Talita, ajude com os custos de um animal!
A Talita Ferreira é madrinha da Beluga!
Eu vivia em um terreno no interior de São Paulo com outros 40 cães e quem cuidava de mim era um casal de senhores. Quando eles faleceram, fiquei semanas sem comida até que alguns tios pediram ajuda pro IC. Quando cheguei no abrigo eu tinha uma ferida bem grande na minha orelha e estava sendo comido vivo por várias larvas. Depois que essa ferida cicatrizou, minha orelha ficou deformada, e por isso às vezes eu tenho dor de ouvido. Hoje, eu já sei que todos os tios e tias gostam de mim e querem me ver muito feliz, então eu brinco com eles, peço carinho e até arrisco um sorriso tímido pra mostrar minha gratidão.
Conheça o Clóvis
Macho, SRD, 10 anos
O Clóvis já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
Faça como a Priscilla, ajude com os custos de um animal!
A Priscilla Iervolino é madrinha do Clóvis!
Eu fui resgatado de um terreno cheio de outros cães depois que nossos cuidadores faleceram. Passei por situações muito difíceis como ficar dias sem água e sem comida, até que as tias do IC foram nos buscar. Eu já sou mais velho que os outros cães, por isso tenho um nível de energia baixo e me dou bem com outros cães. Como passei minha vida inteira naquele terreno com pessoas, hoje não gosto de ficar sozinho em um canil. Então, quando as tias entram para cuidar de mim eu dou um jeito de fazer chamego com alguns truques que aprendi sozinho, como dar a pata para pedir mais carinho.
Conheça o Dínano
Macho, SRD, 11 anos
O Dínano já tem uma madrinha!
Que tal conhecer outros animais?
Faça como a Cynthia, ajude com
os custos de um animal!
A Cynthia Moreira é madrinha do Dínano!
Os tios não sabem explicar direito o que aconteceu na minha cabeça, mas quando me acharam eu estava com uma ferida muito grande e cheia de larvas, caído em um córrego no interior de São Paulo. Quando eu finalmente tive forças para levantar, as tias perceberam que eu tinha um discreto tremor nos lábios e que provavelmente era sequela da cinomose que contraí quando mais jovem. Eu melhorei bastante com a fisioterapia, mas quando fico mais animado, o meu "tique" aumenta. Isso não me impede de levar uma vida como qualquer outro cãozinho, e há quem diga que na verdade esse é o meu charme. Eu fiz aulas de adestramento e já aprendi a sentar e deitar!
Conheça o José Mica
Macho, SRD, 8 anos